Ministério da Justiça não prorrogará atuação da Força Nacional em buscas por fugitivos de Mossoró

R7 – O ministério da Justiça e Segurança Pública não vai prorrogar novamente a atuação da Força Nacional nas buscas dos dois detentos que escaparam da penitenciária federal de segurança máxima de Mossoró. A informação foi confirmada pelo secretário de Políticas Penais, André Garcia. O R7 vem tentando contato com a pasta, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem. O espaço segue aberto para posicionamento.

A Força Nacional passou a participar das operações de busca em 23 de fevereiro. Em 20 de março, o ministro Ricardo Lewandowski prorrogou até o próximo sábado (30) uso dos profissionais de segurança pública na operação.

Garcia disse ao JR Entrevista que não vai haver propriamente uma desmobilização. “O que está sendo planejado é uma mudança de estratégia. Mantendo as forças locais fazendo os trabalhos de execução de buscas e ao mesmo tempo intensificando as investigações. Porque nós acreditamos que vamos, com as investigações, com o trabalho de inteligência policial, realizar a recaptura dos dois”, afirmou.

Os fugitivos Deibson Cabral Nascimento e Rogerio da Silva Mendonça são suspeitos de ter ligações com a facção Comando Vermelho, no Acre, onde o grupo domina as operações criminosas e onde a dupla estava presa até setembro do ano passado. Eles já foram vistos em diversas ocasiões. No entanto, os investigadores não conseguem capturá-los.

Mais de 600 agentes estão à procura dos detentos. Os investigadores concentram as buscas entre Mossoró e Baraúna, cidades separadas por uma distância de cerca de 35 km. A Polícia Federal passou a oferecer uma recompensa de R$ 30 mil por informações que levem à captura dos foragidos.

Reação lenta e falhas estratégicas dificultam buscas, dizem especialistas

Especialistas em segurança pública ouvidos pelo R7 avaliam que falhas estratégicas e demora para reação dificultam a captura dos dois fugitivos. Os detentos escaparam na madrugada em 14 de fevereiro, mas, segundo nota divulgada pelo ministério da Justiça no início do mês, a PF (Polícia Federal) e a PRF (Polícia Rodoviária Federal) chegaram em Mossoró dois dias depois, na manhã de 16 de fevereiro.

Para o especialista em segurança pública Leonardo Sant’Anna, entre os fatores que podem ter relação com as dificuldades de captura dos presos está a demora até que a fuga fosse percebida na penitenciária. “Essa demora é extremamente prejudicial, caso se queira fazer uma captura em um curto espaço de tempo”, afirmou.

Sant’Anna aponta ainda a demora até que as forças se reuniram para realizar a busca. “Esses elementos, realmente, colocam as instituições públicas em uma situação extremamente delicada”, avalia.

Para o também especialista em segurança pública Antônio Testa há indícios de que houve conivência de pessoas de dentro do sistema prisional para a fuga. “Em teoria, eles estavam incomunicáveis. Então, para eles organizarem uma fuga, eles teriam que ter se comunicado com alguém”, acrescenta.

Leonardo Sant’Anna destacou também a necessidade de um gerente de crise. “Uma pessoa com experiência de campo, para administrar as diversas forças de segurança utilizadas nesse processo. Sem isso, não é possível fazer muita coisa”, diz.

“É chato dizer isso, mas existem algumas instituições que desejam protagonismo, desejam ser as donas da operação. Não é hora para isso. Então, as vaidades, os egos, precisam ser muito bem controlados por alguém que consiga conduzir uma operação dessa magnitude”, afirma.


Descubra mais sobre Portal RN Diário

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga-nos

Sponsor

spot_imgspot_img

Veja Tambem

Minuto da Câmara

Vício em cigarro corresponde a cerca de 80% das mortes por câncer de pulmão no Brasil

Cerca de 80% das mortes por câncer de pulmão em homens e mulheres no Brasil são causadas pelo tabagismo — dependência em nicotina. O...

Prefeitura de SGA promove ações de conscientização contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

A Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania – SEMTASC, lança uma campanha de...

Presidente da Câmara de Parnamirim, assina contrato para aquisição de veículo

O Presidente da Câmara Municipal de Parnamirim, Wolney França, firmou nesta segunda-feira (29) um contrato para a aquisição de um automóvel 0km de sete...

Ativistas jogam sopa no quadro da ‘Mona Lisa’, no Museu do Louvre, na França

Ecologistas jogaram sopa na 'Mona Lisa', quadro mais famoso do mundo | Foto: David CANTINIAUX / AFPTV / AFP Duas ativistas jogaram sopa contra o...

Descubra mais sobre Portal RN Diário

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading