Fora de cargos comissionados, ex-secretários e ex-funcionários Saogonçalenses geram onda de fakenews no município

A integridade na gestão pública é um dos pilares fundamentais para o bom funcionamento de qualquer sistema democrático. No entanto, um fenômeno preocupante tem sido observado nos últimos anos: a disseminação de Fake News por ex-membros da administração pública que deixam seus cargos e passam a atacar a gestão atual de forma desonesta e manipuladora.

A ascensão das redes sociais e a facilidade de disseminação de informações têm proporcionado um terreno fértil para a propagação de notícias falsas. Quando ex-membros da prefeitura de São Gonçalo do Amarante, especialmente aqueles que ocupavam cargos de destaque, decidem utilizar essa plataforma para criar e disseminar Fake News, os danos podem ser significativos.

Alguns ex-gestores, ex-secretários, ou ex-comissionados podem sentir ressentimento pela gestão atual, seja por divergências políticas ou pessoais. Eles podem ter interesses pessoais ou ideológicos em desacreditar a administração em vigor. Ou a simples e pura falta de oportunidade em estar dentro da administração atual pode ser o motivo dos ataques.

Seja qual for a motivação, a disseminação de Fake News, prejudica o debate democrático.

Quando ex-membros de comissões espalham Fake News, eles tentam corroem essa confiança ao criar uma narrativa distorcida e muitas vezes maliciosa sobre a gestão atual.

A disseminação de Fake News também levanta questões éticas e legais. Até que ponto é aceitável que indivíduos usem sua experiência anterior para influenciar negativamente a percepção pública? Como podemos garantir que a informação divulgada seja precisa e imparcial?

Para lidar com esse problema, é necessário uma pesquisa em sites e blogs, e consultar outras fontes de informação para que as pessoas se tornem mais resilientes à desinformação.

Em suma, a disseminação de Fake News por ex secretários, gestores ou comissionados municipais representa um crime e afronta a própria cidade que fica refém dessa desinformação. 

Para preservar a confiança pública e fortalecer nossas instituições democráticas, é essencial combater ativamente a desinformação e promover uma cultura de transparência e responsabilidade.


Descubra mais sobre Portal RN Diário

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga-nos

Sponsor

spot_imgspot_img

Veja Tambem

Churrascaria famosa de Natal é condenada a pagar couvert artístico a pianista com 16 anos de casa

Imagem / Divulgação A Justiça do Trabalho de Natal condenou a famosa churrascaria Sal e Brasa Bar a pagar integralmente o couvert artístico diretamente ao...

Dois Anos de Guerra entre Rússia e Ucrânia: Um Conflito Persistente

Primeira-ministra dinamarquesa, no centro, assiste ao depósito de flores por parte do presidente ucraniano, Volodymyr Zelenski, num cemitério de Lviv, a 23 de Fevereiro...

Moraes inclui Musk como investigado em inquérito

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes incluiu o dono do X (antigo Twitter), Elon Musk, no inquérito das milícias digitais....

Minuto da Câmara

Em Natal, 25 bairros com risco grave de epidemia de Dengue

Foto: Getty ImagesA capital potiguar está em alerta para a possibilidade iminente de adoecimento por dengue. De acordo com um atlas lançado no final...

Descubra mais sobre Portal RN Diário

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading