24.1 C
Natal
sexta-feira, maio 17, 2024
spot_img
InícioCidadesNatalPolicial militar é preso em flagrante suspeito de invadir e se apropriar...

Policial militar é preso em flagrante suspeito de invadir e se apropriar de casas desocupadas em Natal

Agente de segurança usava arma da corporação para ameaçar vítimas, segundo investigação da Polícia Civil. Ele e a mulher foram detidos em uma casa invadida no bairro Tirol.

Um sargento da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, de 50 anos de idade, foi preso em flagrante nesta sexta-feira (5) em Natal suspeito de invadir e se apropriar de imóveis desocupados. Os crimes eram cometidos na própria capital potiguar. A esposa dele também foi detida.

O nome do policial militar não foi divulgado pela Polícia Civil. De acordo com o Departamento de Combate à Corrupção e a Lavagem de Dinheiro (DECCOR LD), o sargento também intimidava e ameaçava os verdadeiros proprietários dos imóveis, depois de invadi-los, com a arma de fogo da própria PM.

O policial e a mulher foram detidos em flagrante no bairro Tirol, na Zona Leste de Natal, morando na casa de um profissional da educação física que morreu em 2023. O imóvel invadido era objeto de ação em inventário.

Ao tentar reaver a posse, a responsável pela propriedade foi ameaçada e entrou com ação de reintegração de posse.

De acordo com a Polícia Civil, a mulher do policial militar também ameaçava os proprietários informando que o marido era agente de segurança e tinha autorização para usar a arma.

Segundo a Polícia Civil, o policial militar vai responder pelo crime de abuso de autoridade. A investigação da DECCOR LD apontou que pelo menos três imóveis foram invadidos pelo casal.

Ao entrar em contato com a Polícia Militar para comentar sobre o assunto, mas, até a atualização mais recente desta reportagem, a corporação comunicou que as informações ficariam concentradas com a Polícia Civil e que não iria emitir nota sobre o caso.

A Polícia Civil informou que, como justificativa para invadir os imóveis, os investigados alegaram dificuldades financeiras em custear a moradia.

G1 RN

RELATED ARTICLES
- Publicidade -spot_img

Most Popular