26.1 C
Natal
domingo, fevereiro 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioPolíciaAdvogada e suspeito de homicídio são mortos na saída de delegacia no...

Advogada e suspeito de homicídio são mortos na saída de delegacia no RN

Imagem: Reprodução

A advogada Brenda dos Santos Oliveira, de 26 anos, e um cliente, suspeito de envolvimento na morte de um jovem de 19 anos, foram assassinados nesta terça-feira (30) após saírem da delegacia em Santo Antônio, Rio Grande do Norte.

As vítimas foram alvejadas por disparos de arma de fogo e perderam a vida no local. Dentro do veículo da advogada, pouco depois de deixarem a delegacia, os tiros foram disparados aproximadamente a 600 metros da unidade policial, conforme informações da Polícia Militar.

Embora o nome do suspeito não tenha sido divulgado, a PM indicou que ele era conhecido como “Gordinho das Batatas”. Brenda dos Santos havia compartilhado uma foto na delegacia em suas redes sociais, criticando a tendência da sociedade em condenar indivíduos com base apenas em boatos.

O suspeito, acompanhado pela advogada, foi levado à delegacia mais cedo para prestar depoimento, sendo posteriormente liberado por falta de evidências, de acordo com a Polícia Civil. Ele estava sob investigação pelo assassinato de João Victor Bento da Costa, ocorrido durante uma vaquejada no Parque Maria Salete, também em Santo Antônio.

Ao deixarem a delegacia por volta das 15h30, os dois foram vítimas de disparos, resultando na perda de controle do veículo e colisão com outro carro. A PM confirmou que ambos estavam sem vida. A Polícia Civil está investigando o crime, e diligências estão em andamento para identificar os atiradores.

Ainda na tarde desta terça-feira (30), foi designado pelo presidente da OAB/RN, Aldo Medeiros, que a Comissão da Advocacia Criminal, por meio de seu presidente, Anesiano Ramos, acompanha o inquérito policial instaurado pela Polícia Civil. Também foi designado que a Subseção de Goianinha intermedie a assistência necessária aos seus familiares, a ser prestada pela Seccional.

“O crime contra uma advogada em seu exercício profissional, além de uma violência bárbara, é um ataque direto ao Estado Democrático de Direito. O Sistema OAB seguirá vigilante para que o crime não caia na vala da impunidade.”

OAB RN, em nota
POSTAGENS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Advertisment -spot_img

Mais popular

Descubra mais sobre Portal RN Diário

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading