Polícia Federal realiza operação em combate à venda ilegal de armas e munições

A Operação Fogo Amigo deflagrada pela Polícia Federal, na manhã desta terça-feira (21), tem como objetivo a desarticulação de uma organização criminosa formada por diversos policiais militares dos Estados da Bahia e Pernambuco, CACs e lojistas, especializada em vender armas e munições ilegais para facções criminosas nos Estados da Bahia, Pernambuco e Alagoas.

Fogo amigo faz alusão ao fato de que os policiais integrantes da organização criminosa vendem armas e munições de forma ilegal para criminosos faccionados e que acabam sendo utilizadas contras os próprios órgãos de segurança pública.

A ação é integrada com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado Norte (GAECO-Norte) do Ministério Público da Bahia (MP-BA), e com o apoio da Companhia Independente de Policiamento Especializado – CAATINGA (CIPE-CAATINGA), Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI) da Policia Militar de Pernambuco (PM-PE), Coordenação de Operações e Recursos Especiais da Polícia Civil da Bahia (CORE -PCBA), Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de Pernambuco (GAECO-PE), FORCE/COGER, Corregedoria da Polícia Militar da Bahia e de Pernambuco, e o Exército Brasileiro.

Cerca de 325 Policiais Federais, grupos táticos da PF/BA, PM/BA, PM/PE, PC/BA GAECO/BA, GAECO/PE e Exército, cumprem 20 mandados de prisão preventiva e 33 mandados de busca e apreensão nos Estados da Bahia, Pernambuco e Alagoas em desfavor de agentes de segurança pública, CACs, empresários e lojas de comercialização de armas de fogo, munições e acessórios.

No momento da ação, o Exército Brasileiro realizou a fiscalização em outras lojas que comercializam armas, munições e acessórios controlados nos municípios de Juazeiro/BA e Petrolina/PE. Foi atendido o sequestro de bens e bloqueio de valores de até R$ 10 milhões dos investigados, além da suspensão da atividade econômica de três lojas que comercializavam material bélico de forma irregular.

Os investigados responderão pelos crimes de Organização Criminosa, Comercialização ilegal de armas e munições, Lavagem de Dinheiro e Falsidade Ideológica, cujas as penas somadas podem chegar a 35 anos de reclusão.

A Polícia Federal continuará a apuração, na tentativa de elucidar a real amplitude da suposta
organização criminosa, bem como identificar outros integrantes.


Descubra mais sobre Portal RN Diário

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga-nos

Sponsor

spot_imgspot_img

Veja Tambem

Audiência pública debate greve nacional das universidades e institutos federais

Foto: Elpídio Júnior Uma audiência pública na Câmara Municipal de Natal debateu, nesta quinta-feira (16), a greve nacional das universidades e institutos federais. Proposto pelo...

Câmara aprova política para município fornecer remédios à base de canabidiol

Foto: Francisco de Assis Os vereadores de Natal aprovaram em sessão nesta quinta-feira (18) a criação de uma política municipal para fornecimento de medicamentos à...

Dino deixa ministério nesta semana e herdará 344 processos quando tomar posse no STF

Flávio Dino, ministro do STF e ex-ministro da Justiça — Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo O ministro Flávio Dino se despede nesta quarta-feira (dia 31)...

Minuto da Câmara

Lançamento da Pré-candidatura de Eraldo Paiva e Poti Neto em São Gonçalo do Amarante atrai multidão e líderes políticos

Em um evento marcado pela emoção e pelo entusiasmo da população, o atual prefeito de São Gonçalo do Amarante, Eraldo Paiva (PT), lançou sua...

Descubra mais sobre Portal RN Diário

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading